Seja Bem Vindo(a)


sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Wrecking Ball



We clawed, we chained, our hearts in vain
We jumped, never asking why
We kissed, I fell under your spell
A love no one could deny

Don't you ever say I just walked away
I will always want you
I can't live a lie, running for my life
I will always want you

I came in like a wrecking ball
I never hit so hard in love
All I wanted was to break your walls
All you ever did was break me
Yeah you, you wreck me

I put you high up in the sky
And now, you're not coming down
It slowly turned, you let me burn
And now, we're ashes on the ground

Don't you ever say I just walked away
I will always want you
I can't live a lie, running for my life
I will always want you

I came in like a wrecking ball
I never hit so hard in love
All I wanted was to break your walls
All you ever did was break me
I came in like a wrecking ball
Yeah, I just closed my eyes and swung
Left me crouching in a blaze and fall
All you ever did was break me
Yeah you, you wreck me

I never meant to start a war
I just wanted you to let me in
And instead of using force
I guess I should've let you in
I never meant to start a war
I just wanted you to let me in
I guess I should've let you in

Don't you ever say I just walked away
I will always want you

I came in like a wrecking ball
I never hit so hard in love
All I wanted was to break your walls
All you ever did was break me
I came in like a wrecking ball
Yeah, I just closed my eyes and swung
Left me crouching in a blaze and fall
All you ever did was break me
Yeah you, you wreck me
Yeah you, you wreck me

Letra via vagalume.com.br

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Mudanças. Necessárias. Mudanças.

A tatuagem eu já fiz (sim, eu não me canso de falar dela), quero ver se até sexta furo a orelha esquerda. Amanhã corto o cabelo e a intenção é mudar totalmente, sem exagero, o corte. Estou pesquisando e mesclando modelos, para que um fique de acordo com meu rosto, sem me deixar mais feio do que o normal. Sobre o projeto de perder peso, este foi pelo ralo, pois a situação vivida atualmente é de extrema ansiedade e é difícil controlar a boca. Mas não engordei nada fora do normal que estava antes. Mas prometo a vocês, um dia postar uma foto aqui com uma barriga tanquinho e um corpo bem musculoso. Sem exagero. Na sexta a Luma vai dar uma complementada no meu cabelo com alguns toques de beleza que vão diminuir essa vertente rebelde que meu topete tem. Ainda na sexta vou comprar roupas novas e me preparar para o grande dia que vem aí. Talvez semana que vem, a esta hora eu já esteja com a vida totalmente mudada. Ou para bem, ou para bem. Estou ansioso demais e ao mesmo tempo excitado com essas mudanças.

Pulando das mudanças físicas, para o meu interior, eu vejo que meu coração está meio que petrificando. Mas isso é só na hora de demonstrar reações para as pessoas. Parece que eu não consigo mais derramar lágrimas, enquanto por dentro eu choro como uma criança que se perdeu dos pais. Estou quebrando muros de concreto com chutes, quando na verdade minha fraqueza interior é tão grande como a de um idoso debilitado por problemas da idade. Enfim, mudanças são necessárias.

Acho que estou amadurecendo cada vez mais rápido. Vejo pessoas com seus 30 e lá vão anos agindo com tanta infantilidade que às vezes me perco nesse mundo. Sem saber por onde andar, como agir, ou como não agir. Mas Deus é meu guia. E sei que as coisas, quando mudam, são para melhor.


Eu tenho um anjo.

A troca de olhares mais linda desse mundo.
E o nome dele é Theo. Desde março de 2012, quando soube que ele estava sendo gerado, meu coração encheu de emoção e ansiedade. É o ser mais lindo que minha vida já conquistou. Ele me trouxe esperança, alegria e renovou meu ser. Ele é meu sobrinho, e para minha inexplicável felicidade, no final do ano ele será oficialmente meu afilhado. O problema é a saudade que esse pedacinho de gente causa em mim. A cada troca de olhares pelo skype eu me emociono e fico louco por não poder pegá-lo no colo e mimá-lo como um adulto bobão mima um bebê. Eu me sinto conectado a ele, me sinto no dever de protegê-lo de acordo com meus limites, de me mostrar presente, e de me mostrar como um pai dele, quando os biológicos não puderem ser. 
Minha cara de bobão que morre de amores e saudades.
O anjo Theo veio de outro anjo: a Suelen. Sempre fui muito apegado à minha irmã, sempre morri de ciúmes de todos os namoros dela, e ela sempre fez muita falta na minha vida, pois quando eu comecei a me entender por gente, ela já havia saído de casa para dar rumo à sua. Minha maninha vem se mostrando uma grande amiga. 


Uma pessoa que me entende, me aceita, briga comigo quando deve, e que me apoia. A saudade é realmente algo que dói, dilacera o peito e me faz chorar. Muito. Como eu queria viver essa fase de crescimento do Theo com minha irmã. Como eu queria poder ajudá-la, ver o Theo crescer me mostrando um tio presente também fisicamente. Mas como eu não posso, fico acompanhado da maneira que é possível. Mas apesar de tudo, eu sei que tenho eles mais próximos que muitos que estão ao meu lado fisicamente. Mana, Theo; eu amo vocês. E morro de saudades, meus anjos. Obrigado por estarem comigo, por darem sentido à minha vida. Obrigado.

Tchau, titio.



terça-feira, 27 de agosto de 2013

Dica de Som

Gente, na falta de redes sociais mais interativas, tenho usado muito o SoundCloud e me divertido demais! Sigo muitos DJs internacionais, mas os nacionais se superam nas mixagens e nos mashups hahaha o DJ Masa é um que manda muito bem para quem tem um gosto eclético que alterna entre o pop e os ritmos do norte/nordeste.

Sobre o SoundCloud
O site começou meio que como um canal de divulgação de músicas e novos hits e hoje é uma verdadeira rede social que permite, além de sua funcionalidade inicial, a troca de comentários, mensagens, curtidas e repostagens.

Voltando ao DJ Masa:
ele faz experiências tão perfeitas com as músicas que é de causar arrepio. Alguém ouviu aquele remix de Diamonds, que reuniu Rihanna com Olodum e virou hit do carnaval desse ano? Foi ele quem fez. Mas dessa vez quero mostrar um que me deu vontade de levantar da cadeira e puxar logo alguém para dançar. 




Colocar forró com pop é uma tarefa difícil demais! Quem se interessou, acessa o perfil completo do DJ que lá vai ter um monte de remixes legais.

sábado, 24 de agosto de 2013

I was here.

Meu amor para sempre: a tatuagem.









O amanhecer no pier da Praia da Graciosa.


Viver é uma coisa boa. Eu gosto de fazer isso. E quero fazer bem feito, deixando marcas boas nas pessoas. Quero mostrar o meu melhor, quero fazer o o meu melhor. I was here é uma música da Beyoncé que me define muito (também) ultimamente. Estou vivendo feliz, mas não totalmente. A ficha de que a felicidade está em, primeiro, se sentir bem consigo está caindo cada vez mais pesada. E estou conseguindo ser feliz sem meu amor. Mas não quero ser feliz assim. Quero ser cúmplice e compartilhar a vida com alguém que me dê reciprocidade nesse sentimento.
Livin' the life.
Mas enquanto isso não se define, eu vou vivendo. Minha maturidade fica cada vez mais forte. Estou num perfeito estado de reflexão comigo e com minha vida nos últimos dias. Estou sabendo separar as coisas, controlar minha ansiedade, extravasar todo o meu emocional em baladas, fazendo de cada batida musical uma espécie de saco de pancadas. Estou vivendo cada dia como se fosse meu último, ou como se estivesse, e estou, próximo de uma decisão importantíssima. Eu sei que minha vida é maior que qualquer coisa e estou certo em perceber isso.
Don't lose who you are.
Sinto saudade dos meus pais, da minha irmã, do meu afilhado e de um amor intenso, constante e único. Confesso que tinha necessidade de vingança em atos ridículo, fui ridículo, agi como uma criança em tantos momentos que cansei disso. Mas ninguém nasceu com manual de instruções e atire a primeira pedra aquele que nunca errou. Agora, nada dessa fase da minha vida estaria valendo a pena e estaria sendo mais leve de carregar se não fossem meus amigos. Meu Deus, muito obrigado por todos aqueles queridos que me cercam. Obrigado pela força que todos me dão. Pelo bem que me fazem. Pelos risos, abraços, carinhos e preocupações. Obrigado por todas as Maris, Caios, Antonios, Lumas, Fernandas, Raysas que eu tenho na minha vida.


 




Agora fiquem com ela:






quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Scared black eyes.

A distância faz pensar, analisar, examinar e chegar a resultados. Estar distante dói, e isto é bom. Viver distante é como se um pedaço do seu coração estivesse perdido por aí, para um dia voltar. O beijo doce e ao mesmo tempo quente faz falta, a troca de olhares num perfeito clima também. O abraço que acalma e para o mundo me deixou saudades exageradamente dolorosas. O toque de mãos firmes, o amor vivido, de verdade, na cama; o amor. Estou aprendendo, mas não quero voltar a viver sem tudo isso.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Applause, applause, applause!

Simplesmente apaixinado pela tatuagem! Hoje o dia foi legal (: terminei na trupe com Luma, Douglas e Talita. Estão abertas oficialmente as comemorações para o B-day Luma 2013.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

The War.

Mais uma noite terminada em LSs, Cazuza e pensamentos que voam mais alto que o próprio dono. Desde que voltei de viagem as terças-feiras à noite se tornaram espaços "vazios" em minha rotina, por causa de complicações com algumas disciplinas na faculdade.

Aproveitei para dar continuidade ao meu projeto de perder o máximo de peso até o próximo dia 1º (que aproveito para falar que emagreci 1,9 Kg em uma só semana haha). Fui caminhar, correr e fazer abdominais na pracinha da 208 sul. De lá liguei para uma amiga da faculdade, a Mari, chamando para a gente se ver e perder tempo juntos. Acabou que fomos para a casa dela. Eu, Mari, Antonio, Vinícius e Bernardo para comer uma torta deliciosa que o Vini fez.

Na volta entrei no Skype. Para que? Para ver que guardar mágoa é algo ainda muito meu. E também de outras pessoas. Mas que é ruim e precisa ser melhorado, apesar de difícil. Mais um ponto/objetivo para essa nova fase.

Ai ai, meu Deus. Meu Deus. Isso mesmo, MEU DEUS. Me ajude a continuar seguindo.

Change

Gente, me tatuei! As coisas que estão acontecendo na minha vida estão me deixando mais seguro de mim. Minha vontade de mostrar quem eu realmente sou, sem me preocupar com o que os outros pensam está cada vez mais forte. 

A frase veio da música 'Who you are' da Jessie J e, a tradução mais real mesmo é "Não perca quem você é no borrão das estrelas." É meio que algo como 'não perca sua essência se as estrelas se apagarem'. Diz muito sobre a minha vontade nessa fase de superação e vai estar comigo para sempre, me dando forças sempre que eu precisar e me lembrando de tudo o que eu já passei/passo para ser feliz.

O formato é como se fosse um bracelete próximo à região do cotovelo.







Não estou nem um pouco arrependido. Muito pelo contrário; a cada hora que passo me sinto mais feliz ao ver como ela ficou. E sobre a dor: é como se fosse um monte de formigas te picando ao mesmo tempo. Rs.

Enfim, estou me sentindo mais forte com esse rabisco lindo no braço. E acho que está cada vez mais forte a felicidade em me ter como alguém que aproveita a vida e que se gosta, para depois gostar dos outros. Não é egoísmo. É que passei tanto tempo me doando e me entregando de corpo e alma a alguém que preciso passar um tempo sabendo que antes de qualquer pessoa, eu existo e também sou de carne e osso.

Para finalizar o post, uma música descritiva do grande mestre Cazuza, que também está sendo um amigão nessa fase. Com vocês, Poema:

Eu hoje tive um pesadelo
E levantei atento, a tempo 
Eu acordei com medo
E procurei no escuro 
Alguém com seu carinho
E lembrei de um tempo

Porque o passado me traz uma lembrança 
Do tempo que eu era criança
E o medo era motivo de choro 
Desculpa pra um abraço ou um consolo 

Hoje eu acordei com medo
Mas não chorei nem reclamei abrigo
Do escuro, eu via um infinito
Sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim (que não tem fim)

De repente, a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua que vai ficando no caminho 
Que é escuro e frio, mas também bonito porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu há minutos atrás


segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Vingança

A maior e melhor vingança que eu vou fazer, caso eu definitivamente perca quem eu um dia achei que nunca fosse embora, vai ser mostrar o grande ser humano que ele vai perder/perdeu. E que, como eu, vai ser bem, mas bem difícil de encontrar. Superação é uma virtude :)

domingo, 18 de agosto de 2013

https://www.youtube.com/watch?v=McesF3J-JZ0&feature=youtube_gdata_player

Alone

Na terça eu faço minha primeira tatuagem. É meio que uma renovação pessoal, espiritual e psicológica. Eu sinto muita falta de alguém e me apeguei muito a isso. Uma nova fase vem aí. Vou recuperar todo o tempo perdido e me valorizar como nunca. O amor me guia.

Me, myself and I.

"Sigo cantando com a luz apagada porque a guerra me tirou seu olhar."

Gente, que difícil é viver essa vida. Mas ela é linda!

Who you are?

Don't lose who you are, in the blur of the stars
Seeing is deceiving, dreaming is believing
It's okay not to be okay
Sometimes it's hard
To follow your heart
But tears don't mean you're losing
Everybody's bruising
Just be true to who you are


Taquaruçu e a vida louca.

O Festival Gastronômico de Taquaruçu é realmente uma coisa linda de se ver. Uma diversidade cultural única com todos os tipos de toques tocantinenses. Maria Gadú é muito mais do que vemos nos DVDs, vídeos de internet ou coisas do tipo. Canta muito e é perfeita no palco. O problema foi o que sempre acontece em eventos de sucesso: lotação. Foi uma loucura para chegar até a cidade, e as festas para o pós-festival estavam todas transbordando de gente. Uma pena.

Estava numa turma que se deixou abater por essas questões de dificuldades, mas eu não quis me deixar levar pela vibe negativa (apesar de ter ficado desanimado também, sem ter deixado transparecer). Acabamos parando no Bar da Praça, lugar que me lembrou muito estar em Cristalândia, com muito forró de teclado. Rs. Eu, Mariane e Rafael Ishibashi eramos os únicos "animados" de uma turma de 8 pessoas e ficamos até a hora de ir embora recebendo olhares de reprovação por não querermos ir para a casa e sim ficar bebendo, mesmo sabendo que a noite foi de rodadas em vão para buscar algo para fazer depois do show.

Bebemos 4 garrafas e voltamos para Palmas, onde descemos no famoso Ponto-X para o lanche do fim de balada. Dormi na casa do Antonio, amigo de muito tempo no qual más línguas insistem em falar que é meu namorado. Mas não. Ele não é. E se fosse, enviaria minhas contas para vocês pagarem. Esse processo de Rehab está difícil. 

Quando penso que estou bem vem umas lembranças ruins, uns medos e anseios que acabam me puxando de volta para baixo. Mas vou voltando aos poucos para cima. Pensando em fazer duas tatuagens, furar a orelha e mudar o corte de cabelo. E acho que vou fazer isso mesmo a qualquer momento nas próximas semanas.

Tenho feito novas e lindas amizades. Luma é uma delas. Parece que é meu eu feminino materializado. Rimos muito, temos os mesmos pensamentos e eu estou adorando ela. Preciso me apegar àquilo que me deixa feliz.

sábado, 17 de agosto de 2013

Fun

Jogar uno, imagem & ação e rir muito. Depois ir para casa cantando heart attack enlouquecidamente. Vamos para a segunda parte da noite: Taquaruçu (:

MLIYL

Seguindo

Como é bom ser reconhecido profissionalmente. Isso dá um gás para a continuidade do trabalho. Feliz com o que vem acontecendo no trabalho. Feliz também por ver a quantidade de amigos que eu tenho, que estão comigo, me dando força e me colocando para cima.

Feliz também em saber que tenho um amor. Um amor verdadeiro, que eu quero e vou ser mais feliz ainda se o meu futuro for construído ao lado desse amor. E se ele estiver lendo isso: eu te amo!

Estou me divertindo, aproveitando aquilo de bom que a vida tem me dado. Viver o presente, sem esquecer o futuro e me trabalhando para ser uma pessoa cada vez melhor.

Saudade de muita coisa. Isso significa que meu coração quer voltar para histórias lindas e emocionantes que já passei. Acho que finalmente estou me encontrando pessoalmente e vendo que eu me basto, antes de qualquer coisa. Isso é importante.

E gente, eu não sou o Rayan que foi para a Europa e que é super legal por isso. Não. Eu quero ser reconhecido por ser quem eu sou, sem materialismo ou coisas do gênero. Por favor. E assim estou levando a vida. Enquanto espero decisões ou palavras que terminarão de dar sentido a ela. 

Ah, hoje tem show da Maria Gadú em Taquaruçu. A noite vai ser de boa música, cerveja gelada, comidas típicas tocantinenses, frio e, o melhor: amigos (com boas risadas, abraços carinhosos da Mariane, do Antonio e da Luma; danças engraçadas, e por aí vai).

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Não, não sei quem vai estar me esperando.

Venha pra perto de mim
E veja como eu estou só
Senta, não olha pro chão
A culpa não foi de ninguém, não, não 




quinta-feira, 15 de agosto de 2013

You're gonna hear me roar!

I got the eye of the tiger, the fighter, 
dancing through the fire. 'cause 
I am a champion! 
and you're gonna hear me roar!
Louder!!! louder than a lion! 




quarta-feira, 14 de agosto de 2013

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Sinal de vida!

Gente, hoje completo uma semana da dolorosa decisão de viver um período sem os meus maiores vícios: as redes sociais. Twitter, Facebook, Instagram e Whats App. Imaginem como está sendo para mim, que pretendo trabalhar nessa área, que vivia de olhar as timelines, ficar no celular a cada oportunidade, por mínima que fosse. Mas a necessidade era, e ainda é, realmente muito grande. Sacrifícios precisam ser feitos para que a vida siga um rumo bom. E espero que realmente siga.

Sobre os motivos por eu ter me isolado do mundo virtual, resumo tudo em: o que os olhos não veem, o coração não sente. Mas não é sobre isso que eu quero conversar com vocês. Será que tem alguém ainda que acessa meu blog? (Se houver, alguém comenta só para me dizer haha)

Ultimamente eu tenho passado por crises de estima baixa, insegurança em relação à minha pessoa e tal, mas isso está sendo superado aos poucos. Acaba que isso também envolve a minha saída dos perfis.

Mas olha, que saudade de twittar bêbado, de ficar vendo os kissucos tocantinenses ou simplesmente os tweets que só o pessoal do tocantins tem para nos proporcionar! Que nostalgia de jogar criminal case e candy crush, ficar rindo com as postagens das páginas que eu curtia. Que loucura por não ter como conversar com os amigos pelo whats, ficar olhando às vezes (muitas vezes rs) só para ver se a pessoa amada tinha ao menos ficado online naquele dia. Stalkear, meu Deus, que falta isso faz! Quero deixar claro que será temporariamente, mas acho que vai demorar para eu voltar para tudo.

Não saí totalmente do facebook, pois tenho páginas de clientes que assessoro e faço análises de perfis. Criei um perfil só para ficar cuidando dessas páginas, mas é um perfil totalmente profissional mesmo. Não tenho amigos e nem brinco por lá. Rs.

Às vezes bate um desespero e começo a ligar para um monte de gente, mandar sms para amigos só para puxar assunto. Baixei um monte de jogo no celular e inclusive estou cuidando de um Pou como se fosse o bem mais precioso que eu tenho. Hahaha

Enfim, com essa reviravolta toda que vem acontecendo na minha vida, acho que vou voltar a ser bem ativo por aqui. E pretendo desabafar muito, falar muita coisa engasgada, chorar todas as pitangas possíveis, enfim. Viver esse processo até que o velho Rayan esteja de volta.

Até mais :)